vBulletin statistics

Terça-Feira, 12 de Novembro de 2013

ETIC: Um festival dentro do Festival IN

No âmbito do Festival IN – Festival de Inovação e Criatividade que decorre na FIL entre 14 e 17 de Novembro, a ETIC desenvolveu um conjunto de actividades que farão parte de um espaço de cerca de 200m2, inteiramente dedicado às artes criativas. A par do novo naming da marca, agora como ETIC- Escola de Tecnologias, Inovação e Criação, a escola assume-se focada em superar a componente prática, conciliando-a em pleno, com a imaginação Para isso, o espaço contará com uma área de trabalho e um auditório, em formato Open Space.


O espaço de trabalho, o Atelier ETIC, dedicar-se-á a pequenas produções de trabalho em algumas das áreas de maior referência da escola: vídeo, fotografia, design, etc. Este espaço será ocupado por pequenos grupos de alunos da escola, que responderão a desafios, lançados pela ETIC, por outras empresas presentes na feira e pela própria FIL. Esse espaço criará uma dinâmica imediata com a realidade da feira e uma experiência realista para os alunos envolvidos. O conceito activa uma série de necessidades interdisciplinares, técnicas e de timing, que não só servem o propósito do evento, como têm um fim pedagógico, absolutamente fundamental no papel da marca como escola. 


Além do Atelier, a ETIC lança uma diversificada e aliciante lista de propostas de actividades: Workshops, Masterclasses, Case Studies e Showcases. Estas actividades terão lugar no Auditório ETIC, integrado no espaço, em convivência com o Atelier. Aqui, a escola mostra-se através de uma série de convidados, que fazem parte da história e colaboram com o projecto ETIC, e que são, em simultâneo, construtores dos novos mercados da inovação e criatividade. O programa tem ainda alguns nomes por confirmar, mas promete já workshops diários, em formato rápido, mas de cariz pertinente.


Estão confirmadas as presenças de Ableton Live com Manuel Calapez e DJing com Tiago Pimentel. As Masterclasses vão também levar todos a novas realidades, permitindo um contacto directo com profissionais que fizeram parte de marcos criativos, familiares a todos. Adiantamos por agora, Rui Miguel Abreu, para nos falar sobre “Indústria Musical no Século XXI”. Uma visita aos bastidores. E ainda os case studies, as histórias dos alunos empreendedores, que usaram a formação ETIC para criar projectos que dão que falar e que orgulham a escola. E que ainda servem de exemplos de sucesso para cada um de nós. Chewingum e Look Ouch estão para já confirmadíssimos. Uma marca de acessórios verdadeiramente singular e uma plataforma que é uma pequena revolução. Por último, os showcases, verdadeiramente essenciais numa escola com um historial de talentos musicais, bandas e afins. Integram a oferta para o fim da tarde, em tom acústico, para terminar em bem.

 

Os bilhetes para o Festival IN têm o custo de 5€ (bilhete diário) e 15€ (passe para os quatro dias).