vBulletin statistics

Terça-Feira, 15 de Dezembro de 2015

Adega de Borba sugere os melhores tintos à mesa deste Natal

São três as gamas de tintos que a Adega de Borba reuniu nesta caixa de madeira, ideal para as ofertas neste Natal: o vinho Adega de Borba Rótulo de Cortiça Reserva Tinto 2013, o Montes Claros Reserva Tinto 2012 e o Adega de Borba Premium Tinto 2012.

Três gamas distintas da Adega de Borba de tintos exclusivos que prometem revelar o melhor de Borba nas mesas dos portugueses nesta época festiva.

Com uvas das castas mais típicas do Alentejo - Aragonez, Trincadeira, Castelão e Alicante Bouschet - produzidas na sub-região de Borba, o vinho Rótulo Cortiça Reserva Tinto 2013 é uma verdadeira estrela desde 1964. De cor rubi definida com nuances vermelhas, o Adega de Borba Rótulo de Cortiça Tinto 2013 apresenta um aroma fino e elegante, sugerindo frutos pretos, compota e chocolate branco. O seu sabor é macio, com ligeira adstringência, equilibrado, notando-se um frutado maduro, com taninos suaves mas estruturados, e uma elegância no final de prova. Para enaltecer e elevar as suas características organoléticas, o vinho estagiou 12 meses em barricas de 3º e 4º ano, de carvalho francês e em tonéis de madeira exótica, findo o qual se seguiu um estágio de 6 meses em garrafa em cave.

O Montes Claros Reserva Tinto 2012 apresenta uma cor granada profunda. O seu aroma é rico e cheio, evidenciando aromas a compota, geleia e cacau. Produzido a partir das castas Aragonez, Touriga Nacional, Syrah e Cabernet Sauvignon, revela um sabor macio, encorpado e complexo, com destaque nas notas de frutos pretos muito maduros e taninos robustos, persistentes, que garantem longevidade. O lote final estagiou 12 meses em barricas de carvalho francês e americano, e 6 meses em garrafa para afinamento final, o que conferiu a este vinho maior complexidade, estrutura e riqueza, tornando-o indicado para acompanhar pratos de carne e queijos.

Nos últimos quatro anos, a marca Adega de Borba Premium tem sido amplamente premiada em concursos nacionais e internacionais. Exemplo dessa qualidade é o Adega de Borba Premium Tinto 2012, produzido a partir das castas Trincadeira, Touriga Nacional, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon. Um vinho que apresenta uma cor granada bem definida, com grande intensidade, um aroma com boa intensidade a frutos vermelhos maduros, compota e pimento maduro. O seu sabor é macio, elegante, com destaque nos sabores a frutos pretos, café e chocolate. A sua estrutura fina é característica dos vinhos da Gama Premium da Adega de Borba, bem como o seu final forte e persistente. Estagiou seis meses em barricas novas de carvalho francês, americano e castanho e foi engarrafada para mais um estágio final em cave de outros seis meses em garrafa.

A caixa de oferta em madeira tem o preço recomendado de 28,89 Euros.

Site da Adega de www.adegaborba.pt e loja online www.adegaborba.pt/loja.

 

Sobre a Adega de Borba

Fundada em 1955, a Adega de Borba reúne hoje cerca de 300 viticultores associados que cultivam cerca de 2.000 hectares de vinha (70% castas tintas e 30% de castas brancas), produzindo anualmente 1 milhão de caixas de 9 litros, sendo um dos dez maiores produtores nacionais do setor. Dentro das suas Marcas, destacamos o Adega de Borba DOC, um dos vinhos mais vendidos em Portugal no seu segmento, o icónico Adega de Borba Reserva “Rótulo de Cortiça”, uma Marca com mais de 45 anos que se impôs como uma das referência no Alentejo, o histórico Montes Claros, uma Marca que remonta a 1945 e uma das primeiras a distinguir-se pela sua qualidade singular em Portugal, o Convento da Vila que tem sido largamente reconhecido pela sua ótima relação preço/qualidade, e a recente gama de monovarietais sob a denominação de Senses. Em 2014, os seus vinhos somaram 52 medalhas em concursos nacionais e internacionais desse ano. Pioneira na inovação na sua categoria, a Adega de Borba integrou recentemente a rede PME Inovação da COTEC e alcançou o estatuto de PME Excelência, atribuído pelo IAPMEI.